Etiqueta: Filetes de Linguado

Casa da Mó – Praça da Figueira

A ideia original era ir a outro restaurante, mas demos com o nariz na porta visto que estava fechado para férias, mais uma vez comprova-se que é aconselhável a pré reserva e  em termos de restaurantes não vale a pena contar com um site actualizado (é rarissimo). Como já se fazia tarde, e o carro estava estacionado praticamente em frente ao Casa da Mó, decidimos entrar.

Situado na Praça da Figueira em plena baixa pombalina, ocupa um edifício típico recuperado. O ambiente é agradável e posiciona-se para o “cliente de gama média/alta”, os empregados de farda e avental, as mesas, talheres, etc. No entanto não é pretensioso o que é de louvar.

O menú é composto por pratos típicos portugueses e apresenta uma variedade correcta. Escolhemos os Filetes de Linguado e o Polvo à Lagareiro, para acompanhar Murganheira branco (embora na realidade o que pretendiamos era o Murganheira espumante). Para entreter a boca enquanto esperávamos pelos pratos escolhidos, fomos seduzidos pela farinheira com ovos e bem porque recomenda-se.

Os pratos são bem confeccionados, mas mais uma vez, falta ali um rasgo qualquer. O polvo à lagareiro estava bom, mas não excelente, exactamente o mesmo se passava com os filetes, sem dúvida bons, mas não deliciosos. Falta um toque de magia, um condimento especial, qualquer coisa que faça sobressair os restantes ingredientes. Falta a inovação ou o arriscar necessário para  elevar a cozinha a outro nivel (ou às vezes que estraga tudo também…)

O atendimento andou entre o simpático, ao demasiado simpático ao atabalhoado (visto que a presença na mesa de algumas vedetas da TV que deixavam os empregados apatetados…).

Consideramos o custo adequado tendo em conta a apresentação do espaço, os pratos servidos e o atendimento.

Custo médio por pessoa: 20 euros
Comida: Competente / Bom
Atendimento: Esquizofrénico

Mapa